• Compartilhe:

    Palestra oferecida pela Capital Refrigeração em parceria com a Coel. Tema da palestra: Degelo dinâmico e economia de energia.

    Publicado por Capital Refrigeração em Segunda, 21 de março de 2016

    Categoria: Blog
    Ver comentários
  • Compartilhe:

    Palestra oferecida pela Capital Refrigeração em parceria com a Elgin. Tema da palestra: Compressores e Unidades Condensadoras Elgin - Seleção e Aplicação.

    Publicado por Capital Refrigeração em Segunda, 22 de fevereiro de 2016

    Categoria: Palestras
    Ver comentários
  • Compartilhe:

    Palestra oferecida pela Capital Refrigeração em parceria com a Full Gauge. Tema da palestra: Controladores da linha Evolution.

    Publicado por Capital Refrigeração em Terça, 16 de fevereiro de 2016

    Categoria: Palestras
    Ver comentários
  • Compartilhe:
    Por que limpar os circuitos em sistemas de refrigeração?

    O funcionamento eficaz de um sistema de refrigeração está diretamente ligado à limpeza aplicada no circuito, seja em uma nova instalação ou durante os procedimentos de manutenção preventiva e corretiva, como, por exemplo, a substituição de componentes que façam parte de um plano de manutenção ou que tenham apresentado defeito.

    Em todos esses procedimentos citados é necessário evitar:

    • Umidade proveniente do ar;

    • Presença de nitrogênio (não condensável);

    • Formação de óxido de metal (durante o procedimento de brasagem);

    • Sujeiras em geral (resíduos sólidos).

    Muitas causas de contaminação podem ser encontradas nos fatores abaixo:

    • A presença de umidade no sistema, devido a não aplicação de bomba de vácuo, ou a aplicação, porém sem a utilização de um vacuômetro analógico ou digital;

    • Lubrificante sem procedência ou deteriorado;

    • Formação de óxido de metal internamente formado durante o procedimento de brasagem que não utilizaram um gás inerte (nitrogênio) para evacuar o oxigênio presente na tubulação;

    • Falta de procedimentos adequados durante a substituição de um compressor que tenha apresentado defeito devido à queima da parte elétrica, como por exemplo:

    - Verificação do nível de acidez do óleo;

    - O nível de acidez estando inapropriado, efetuar a limpeza integral do circuito com o auxilio de fluido específico para limpeza e descontaminação;

    - Aplicar um filtro de sucção “pós-queima” para que o resíduo de óleo presente no fluido refrigerante seja descontaminado;

    - Substituição do filtro secador;

    - Realização de todos os procedimentos necessários e adequados de start up.

    Clique aqui para ver os produtos relacionados com esta publicação.


    Categoria: Dicas do Friolino
    Ver comentários
  • Compartilhe:
    Você conhece a aplicação de cada modelo de núcleo filtrante Danfoss para CFC, HCFC e HFC?

    Veja abaixo os núcleos filtrantes da marca Danfoss por aplicação:

     

    48-DM: aplicação em linha de líquido (100% de molecular sieves para sistemas de HFC). Fornece alta absorção de umidade a temperaturas de condensação altas e baixas. Proteção eficaz contra impurezas.

     

    48-DC: aplicações em linhas de líquido (80% molecular sieves e 20% de alumina ativada para sistemas de CFC e HCFC). Absorve umidade e ácido no sistema com eficácia.

     

    48-DA: aplicação em linha de sucção pós-queima em um motor (30% molecular sieves e 70% de alumina ativada para sistemas com CFC, HCFC e HFC).

     

    48-F: aplicado para reter partículas sólidas (impurezas) na linha de sucção.

     

    Clique aqui para ver os produtos relacionados a esta publicação.


    Categoria: Dicas do Friolino
    Ver comentários
  • Compartilhe:
    Você conheçe o funcionamento de um compressor para refrigeração?

    O compressor é um dos componentes do sistema de refrigeração. É o componente do custo mais elevado e considerado o coração do sistema.

    A função determinante do compressor no sistema de refrigeração é o bombeamento de certo fluxo de massa de refrigerante no mesmo, o qual, por transformações termodinâmicas, comandadas pelos fenômenos de expansão e compressão, ora evapora-se, ora condensa-se da seguinte forma:

     

    1 - O compressor aspira vapor à baixa pressão do evaporador e através de seu elemento de compressão comprime essa quantidade de vapor aspirada. Não há mudança de estado durante o processo de compressão e todo o calor resultante do trabalho de compressão se transfere para o refrigerante. Após a compressão o refrigerante agora na forma de gás a alta pressão é superaquecido e descarregado para o condensador, onde inicia um processo de perda de calor (calor esse absorvido na evaporação e resultante do trabalho de compressão), ao atingir a temperatura de condensação este sofre uma mudança de estado, vapor para líquido (condensação) e o condensado resfria-se até atingir a temperatura ambiente.

     

    2 - O refrigerante líquido, sub-resfriado, passa por um dispositivo de expansão (válvula de expansão ou tubo capilar), expande-se na entrada do evaporador, causando queda de pressão e consequentemente nova mudança de estado do refrigerante, de líquido para gasoso, absorvendo calor da câmara de refrigeração.

    O refrigerante, agora na forma de vapor à baixa pressão, novamente passa a ser succionado pelo compressor, iniciando-se novo ciclo.

    Clique aqui para ver os produtos relacionados a esta publicação.


    Categoria: Dicas do Friolino
    Ver comentários
  • Compartilhe:
    Você sabe qual o propósito do uso de separadores de óleo no seu sistema de refrigeração?

    1 - Separadores de óleo são utilizados em sistemas de refrigeração onde é difícil para o óleo retornar para o compressor.

     

    2 - Isso acontece em sistemas que atuam com baixa temperatura de evaporação.

     

    3 - Separadores de óleo são instalados na linha de descarga do(s) compressor(es).

     

    4 - O retorno automático de óleo ao compressor melhora a eficiência do sistema, pois reduz a película de óleo nas paredes internas dos do condensador e evaporador. Mantém o nível de óleo constante, aumentando a vida útil do compressor.

     

    5 - Separadores de óleo variam em capacidade e eficiência dependendo da vazão mássica que está passando por ele. Mantenha o seu sistema de congelados protegido.

     

    Clique aqui para ver os produtos relacionados a esta publicação.


    Categoria: Dicas do Friolino
    Ver comentários
Carregando...